Odiosvaldo Vigas requer urgência odontológica para o Hospital Municipal em Cajazeiras
17/07/2017 10:39 em Saúde

A odontologia hospitalar vem de encontro às necessidades da equipe multiprofissional, hoje, muito comum dentro da rede hospitalar. De acordo com os artigos 18, 19 e 20 do Código de Ética Odontológica, compete ao cirurgião-dentista internar e assistir paciente em hospitais públicos e privados, com e sem caráter filantrópico, respeitadas as normas técnicas administrativas das instituições e as normas do Conselho Federal de Odontologia. Além disso, o CFO publicou Resoluções que tratam do exercício do profissional em âmbito hospitalar, em consonância com a legislação e normas dispostas pelo Conselho Federal de Medicina. O assunto é sério, a responsabilidade é grande e exige preparação adequada para que, de fato, haja benefício para o paciente. A atuação da odontologia hospitalar estende-se em locais, como enfermaria, Unidade de Terapia Intensiva - UTI, centro cirúrgico, ambulatório e pronto atendimento, estando estes relacionados à condição clínica do paciente. Os procedimentos odontológicos mais realizados em ambiente hospitalar englobam os que atuam no controle de dor, sangramento e infecção, iniciando-se com os que envolvem sangramento (periodontia, cirurgias), reabilitação (próteses bucais convencionais e orofaciais), controle de dor orofacial, ortodontia para pacientes com fenda labiopalatina, dentre outros. O Projeto de Lei nº 2.776/2008 estabelece a obrigatoriedade da presença de profissionais de odontologia nas UTIs. Em UTI, o paciente deve receber cuidados especiais e constantes, como o atendimento odontológico individualizado para a melhor sobrevida e prevenção de pneumonia por aspiração de conteúdo presente na boca e faringe. A redução do tempo de internação do paciente diminui custos, morbidade e mortalidade hospitalares. O Hospital Municipal de Salvador terá consultórios nas áreas de cardiologia, cirurgia-geral, neurologia, cirurgia pediátrica, pediatria, médico-generalista, ortopedia e traumatologia, serviço social e pré-consulta de enfermagem, além de sala de coordenação e de atendimento. Além do Day Hospital, o Hospital Municipal também terá emergência 24 horas, internação, serviço de bioimagem e exames laboratoriais. Portanto, além dos consultórios citados, a Inclusão nos Serviços de Atendimento do Hospital Municipal de Salvador, de um consultório na área de Odontologia pode exercer papel imprescindível na instalação, manutenção e prática nos cuidados diários de redução de infecções hospitalares.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!