Vereador Odiosvaldo Vigas prevê avanços no Centro de Cultura
22/01/2019 15:42 em Sociedade
Ampliar a divulgação e incentivar ainda mais a produção artística e cultural de Salvador. Com base nessa linha, o vereador Odiosvaldo Vigas (PDT) – gestor do Centro de Cultura Manuel Querino da Câmara Municipal – mostra-se otimista com os projetos no espaço multiuso para 2019, salientando que o presidente do Legislativo, vereador Geraldo Júnior (SD), também se mostra animado e incentivador. “Conversei com o colega parlamentar e ele garantiu apoio para que o Centro, inaugurado em junho de 2007, mantenha o seu papel e a sua importância como equipamento para o desenvolvimento sociocultural da cidade”.
O vereador dirige o Centro de Cultura há várias gestões e busca sempre a aproximação e abertura do espaço para as apresentações populares. O local funciona na Praça Municipal, no subsolo lateral do Palácio Thomé de Souza.
No espaço funciona a Biblioteca Vereador Manoel Querino e tem um foyer para exposições e recepções, um auditório com capacidade para 120 pessoas e ainda uma sala de apoio administrativo. Também funciona o Centro Digital de Cidadania, que atende a população num projeto de inclusão digital.
Demandas
Odiosvaldo Vigas frisa ainda que o espaço também atende as agendas dos vereadores e demais atividades previstas no Regimento Interno da Câmara, que envolvam grande público. São realizadas audiências públicas, solenidades de concessão de medalhas e títulos, audiências das comissões permanentes e temporárias da Câmara e sessões especiais, entre outras atividades. Desde 2007, o espaço multiuso recebe atividades culturais como exposições de obras de arte, fotografia, artesanato e teatro, lançamento de livros, campanhas educativas, seminários e cursos para funcionários e para a população.
Nota de imprensa da CMS
Imagem de arquivo
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!